quinta-feira, 12 de julho de 2007

Harry Potter e a Ordem da Fênix (Harry Potter and the Order of the Phoenix, 2007)



O aprendiz de bruxo mais famoso do mundo virtual e real volta em mais uma jornada cinematográfica, sem dúvida, assim como o livro, a melhor até agora.

[SINOPSE] Os fãs ficaram muito tensos e com o coração nas mãos. A razão é óbvia: A volta do arquivilão Lorde Voldemort e seus Comensais da Morte. Indubitavelmente a morte de um amigo de escola e as lições de como tolerar dor insuportável não são elementos comuns de uma estória para crianças. Em "Harry Potter e a Ordem da Fênix" (HPOF), o bruxo mais famoso do cinema retorna para o quinto ano de estudo em Hogwarts e descobre que a comunidade bruxa está abnegando seu recente encontro com o malígno Senhor Valdemort, preferindo fechar os olhos para as notícias de que Voldemort teria retornado. Temendo que o venerável diretor da escola de Hogwarts, Alvo Dumbledore, esteja mentindo sobre o retorno de Voldemort, na tentativa de tomar seu cargo, o Ministro da Magia Cornélio Fudge indica um novo professor para a disciplina de Defesa Contra as Artes das Trevas, de forma que fique este fique vigia em Dumbledore e os alunos de Hogwarts. Mas a indicada, professora Dolores Umbridge, faz com que a disciplina deixe de ser ministrada para os bruxos mais novos que estão despreparados para defenderem-se contra as artes das trevas que ameaça a comunidade bruxa, que junto com seus amigos Rony e Hermione, Harry assume o problema. Encontrando secretamente um pequeno grupo de estudantes a quem denominaram-se "Armada de Dumbledore", Harry os ensina a como se defenderem contra as Artes das Trevas, preparando corajosos jovens bruxos para a batalha que virá a frente.

Como sempre, uma rápida passada pela parte técnica do filme: Em HPOF, assim como nos outros longas anteriores, os efeitos especiais primam por qualidade. Das fascinantes magias realizadas aos esquisitos e diferentes seres misteriosos, tudo vem com uma qualidade hollywoodiana. Os efeitos sonoros são bem normais, mas não deixam a desejar. Agora se tratando da trilha sonora, o filme explora recursos magníficos. Há cenas (como as de luta no final) que tendo ao som de fundo uma forte e estrondosa épica orquestrada, fazem os nervos ficarem mais rígidos e assim ficamos com mais ansiedade em saber o que virá a cada segundo. Delicioso demais para descrever.

O roteiro assinado pelo novo (na franquia) Michael Goldenberg, talvez seja o maior problema do filme. Mas calma, nada digno de aborrecimentos. Goldenberg conseguiu transpor por volta de 700 páginas em 2:18hrs de filme com uma certa eficácia, cumprindo o deixado pelo roteirista antecessor. Lógico, perdeu-se muita coisa importante, que podem trazer um futuro não muito promissor nos próximos dois filmes, mas se for bem trabalhados não irá atrapalhar não. Uma coisa que tem de se colocar na cabeça, é que ao adaptar um livro em um filme, perde-se muita coisa. Impossível não acontecer. Na franquia Harry Potter, não foi diferente. Os roteiristas de todos os filmes trabalharam bem, e trouxeram filmes com roteiro adaptado de qualidade, o que já é difícil.

A direção de David Yates foi competente. Os modos de câmera, a captação de sentimentos – principalmente do Daniel R.(Potter)-, a coordenação de movimentos foram tudo feito com excelência. Ao assistir ao filme, é perceptível a preocupação de Yates com a qualidade.

As atuações são o ponto alto do longa. O intérprete de Harry Potter, Daniel Radcliffe, cresce junto ao seu personagem. Com um Harry mais forte e mais “revoltado”, Daniel conseguiu mostrar o quão talentoso é. Nada de fenomenal, mas muito bom. Rupert Grint e Emma Watson, respectivamente, Ron e Hermione, também brilham, mas não com tanta intensidade – fato também devido à poucas oportunidades. Como são muitos atores, apenas é necessário dizer que nenhum foi infeliz. A atriz que realmente rouba a cena é Imelda Staunton, que brilha muito como a insuportável inquisidora Dolers Umbridge. A atriz usa de caricatos assim como está no livro, e a forma como ela desempenha é absurdamente competente, conseguindo em nós o que pretendia, ou seja, odia-la. Outra que merece um forte mérito, é a atriz/revelação/mirim/pottermaníaca Evanna Lynch, que interpreta a doce e importante Luna Lovegood, que nos conquista pelo ar avoado e maneira hippie intrínseca que a rodeia. Sem dúvida uma aposta que deu certo.

"Harry Potter e a Ordem da Fênix" é o melhor filme do tipo “grande produção”– até agora-, neste ardoroso verão americano. Com sangue, cicatrizes e brigas para todos os lados, é o mais maduro filme da franquia, que traz um ar bem noir, algo pesado, sinistro... O filme nos segura do começo ao fim, e varia de diferentes formas: Do amor para a dor, da comédia para a tragédia, da aventura para o dramalhão......tudo bem coordenado. Realmente não é absolutamente fiel ao fabuloso livro, mas por isso esta perdoado. Agora é esperar pelo sétimo e último livro da franquia nas livrarias na próxima semana e ano que vem o 6º filme- que assim como o livro, provavelmente não será melhor do que o quinto.

A dica é que vão correndo ao cinema, e que seria interessante ler o livro antes. Espero que não dêem o mesmo azar que eu e sentem ao lado de frenéticas e irritantes pottermaníacas, que a cada aparição do bruxo soltavam gritos. Boa sessão!

Nota: 9.7

29 comentários:

Jeff McFly disse...

Fala, Diego!

É... Gosto é gosto. HP para mim é muito Cuén. Efeitos massa, mas... num me agrada.

Valeu, boy!

Sabe o q é o Fuck Earth? Passa lá no Arroto e descubra!

Tangerine disse...

Ehhh tava demorando memso pra encontrar harry poter por aih...eu particularmente naum gosto mas tb conheço muito poco quase nada, mas do q sei naum me faz diferença.
mas gosto eh gosto e quase toodo mundo q eu coneço venera isto aih ^^

legal o blog gostei do estilo

bjuu

Adrian Masella disse...

Cara, por onde começar??

Começarei dizendo as coisas boas!

Dolores Umbridge está simplesmente, PERFEITA!!! Eu a ODIEI desde a primeira aparição, até ser levada pelos "mestiços imundos"!

Luna Lovegood, nunca acreditei que alguem pudesse realmente, atuar como Di Lua, como Evanna Lynch, ela conseguiu trazer TUDO que Luna era no livro, avoada, zen, calma, meio louca e afins!

Testrálios, Grope, Centauros, como sempre os "magos" dos efeitos especiais não decepcionam, perfeitos como tinham que ser, se bem que eu realmente achei o Grope um pouco "Shrek"!!!!

Batalhas e feitiços, mais uma vez as grandes mentes por trás de um monitor conseguiram nos fazer VIAJAR nos jorros de luz e feitiços que tomam conta do filme, do começo ao fim, a cena com os Patronos, é algo lindo de se ver, e o dragão-artifício, é perfeito!!!!

Agora, como Pottermaníaco LEVE que sou, fiquei decepcionado com VÁRIAS coisas!

Como por exemplo, omitirem as nomeações de Hermione e Rony como monitores, o que no livro, é a razão da raiva de Harry. Ou então, simplesmente BANIREM o uso do Mapa do Maroto, que é fundamental para a Armada de Dumbledore conseguir se encontrar!!

O que dizer então, das estátuas de Ouro, do Mago, a Feiticeira, o Centauro, o Elfo Doméstico e o Duende?? COMO PUDERAM BANIR essa cena????

Sem contar que, a batalha na Sala do Véu, foi inteira MUDA, e apenas UM feitiço foi pronunciado, justamente o que marca o momento mais triste do livro, que por sinal, não tem esse feitiço!!!

O que houve tambem, com aquela fuga de Dumbledore?? Pra onde foram os aurores estuporados?

Vou para por aqui...

Abraço cara!!


ESSE FICOU GIGANTE!!

Pizza disse...

Não aguento mas ler nem ouvir falar de Harry Potter.

Tem algum outro filme bom no cinema?

Júlia disse...

Colega, você escreve muito bem!! Estou até com vergonha de escrever qualquer coisa aqui agora =]

Helena Bonham Carter foi simplesmente pefeita como Bellatrix. Embora com poucas falas, fez um trabalho realmente brilhante. "I Killed Sirius Black!" \o/

Eu poderia fazer outros comentários sobre o filme, mas digamos que... o tempo seja curto. Deixo isso pra você.

Enfim, ler o livro e usar a imaginação foi bem melhor do que ver o filme.

Mas, sei lá, não sou nenhuma crítica ou coisa do tipo. Sou apenas a menina do saneamento ambiental e futura bióloga. E que nesse exato momento deveria tá estudando...

beijo, e parabéns!

Rodrigo Silva disse...

Existem divergencias e divergencias quanto ao filme.

uns gostaram, outros não.

Eu sinceramente achei MUITO emocionante. Mas uma coisa nao me agradou, o filme se passou como se fosse em algumas semanas e nao um ano. Acho que merecia mais alguma horinha de filme, que embora ficasse bem mais longe, acho que ia ficar mto bom

bom dia

Dragus disse...

Eu não curti as adaptações desde que os diretores optaram por excluir partes do filme que davam idéia do cotidiano de cada ano em Hogwarts.

E aboliram também, uma parte essencial para qualquer aluno: uniforme.

Desde então viraram trouxas em escolas de bruxos, e os bruxos sempre prezaram muito o distanciamento deles em relação aos outros. Fica difícil engolir que jovens bruxos se vistam de trouxas em uma das melhores escolas de bruxos segundo a autora. =/

E preferia 40 min a mais mostrando nem que fosse diálogos dando ênfase aos personagens secundários do trio... Nem só de Harry Potter vivem os fãs. =/

Alyda disse...

Acredito que HP foi amadurecendo, assim como os livros e filmes.
Gostei muito do post e do seu blog.

Ainda não fui ver o filme, vou ver este fim de semana. Espero ter mais sorte que você com as pessoas ao meu lado :)


Beijos

xKuRt disse...

Parece que ficou bem legal esse novo filme! Quero ver logo!

http://gatinhasdainternet.blogspot.com

Fábio C. Martins disse...

Ótima crítica. Parabéns!

Estou louco pra ver esse filme, só não fui hoje pq quero ver com a minha namorada que também é fã dos livros e dos filmes.

Eu, graças a Deus, já li os 6 livros disponíveis, mas minha namorada nem tanto, mas acho que não será problema algum, pois, será um bom entretenimento.

Valeu pela dica e espero vê-lo dentro em breve!
Abraços

disse...

todo mundo tem falado que esse filme é o melhor de todos os outros HPs...na real, não curto o bruxinho, e nem tenho uma opinião relevante, já que não vi o último, e nem pretendo ver esse. mas mesmo assim, curti o texto! mto bem escrito! :)

Rodrigo Silva disse...

sucesso para teu blog rapazzzz \o/

Djosci Coelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Som disse...

Parece ser interessante o filme, apesar de não gostar muito! Bacana o seu blog!

Abraço!
http://somdosom.blogspot.com/

Derikito :) disse...

nuss
tô loco pra ver esse filme...
mas acho que vai ser igual piratas do caribe 3, só vou poder ver qnd sair em DVD =/

ow merda!!!



massa teu blog :)

Lya Flamel disse...

AAAAHHHAAA!!!! Droga, ainda não consegui ir ver o Filme, nem li o post inteiro, quero ter ótimas surpresas!

Vinny44 disse...

bom seu blog..bom resumo do filme..
mas pra mim HP é uma porcaria..
pra mim filme de criança..claro gosto é gosto e não se discute..
Falow

se quiser da uma passada ai..

www.fimdomundo44.blogspot.com

Pizza disse...

Trocar banner?


www.cocogelado.com

Pizza disse...

Esse eu to querendo assistir mesmo. Me adiciona no msn ai: pedrodvmello@hotmail.com

Você curte filmes brasileiros? Eu não conheço nada e queria assistir uns pra me inteirar,

Robertinha Diferente disse...

Nossaaaaaaaaaa!
eu tô LOUCA pra assistir harry Potter.
e nao sou pottermaniacas nao tá?
kaoakoaka


bjos

O ANTAGONISTA disse...

Cara, eu adoro cinema, mas infelizmente tá cada vez mais difícil você assistir filmes sem ser importunado por algum idiota que acha que está na sala de casa e fica fazendo comentários imbecis, conversando, atendendo celular, etc.
Geralmente, vou na última sessão de um dia de semana para ver se escapo desse tipo de verme.
Valeu, parabéns pelo blog.

Dragus disse...

Opa! o/

Eu vi o filme ontem, e de todos foi o mais fiel aos livros, mesmo com todos os cortes. Houveram elementos que haviam sido omitidos antes (como os tios do Harry) e o uso de uniformes foi mais evidente que nos anteriores, parecendo realmente que eram bruxos e talz.

Depois posto algo a respeito.

Sobre o Adsense, não dá pra viver disso, não no início (tem gente que consegue, não sou um deles). A qualidade dos anunciantes não melhora enquanto o site não tiver pelo menos 80+ visitantes diários (o que creio que você têm tanto ou mais), mas com o tempo melhora.

Mesmo assim, eu recomendo, pois mesmo que não seja um fluxo muito bom de grana, ainda assim é uma opção com o blog crescendo. =p

Abraços! o/

Carol disse...

Sem dúvida, é o melhor até agora!!!!!
achei que ele caminha lado a lado com o livro, diferentemente dos outros 4


um bjo

Adrian Masella disse...

Moretto, serei franco contigo cara, o Adsense FUNCIONA, mas não pense que vai enriquecer,ele tem algumas mutretas, que eu ainda to tentando aprender, como por exemplo, colocar anuncios nos posts!!
Fora isso ele eh bom, ainda mais pra um blog que eh sempre visitado como o seu, ele rende por vizualizações e cliques cara!!
Eu recomendo!!

.laranja disse...

não gosto de HP.
acho a narrativa da JK péssima. mas a historia é legalzinha se não for levada a serio.

esse livro eu li e achei melhor que a média.
quero ver o livro por alguns personagem, tipoa Dolores, que é super cinematografica, teatral, apostoq ue foi escrita daquela forma de proposito.

e tem a helena bonham carter fazendo qlguma coisa que eu ainda não sei oq ue é. mas ela é sempre boa.

R Lima disse...

Acho q tô atrasadão... nunca q assisti a nenhum Harry Potter.. será q ainda dá tempo?: r ssss



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Thaty disse...

Nunca tive paciencia pra ler ou assistir sobre estes bruxinhos.... mas os efeitos especiais são mto mto bons...
Tem um desafio pra vc!!! Não pode negar um desafio hein?

Pk Ninguém disse...

To querendo ver, mas não será no cinema!

Só pra avisar:
Você foi desafiado!
Da uma passada lá no blog e confere.

http://pensamentosequivocados.blogspot.com/

L.S. Reis disse...

A-ha! Vamos falar de Harry Potter! Adoro! ^^
Bom, assim como você amei a Luna, e a Umbridge estava tão odiosa como deveria ser, perfeito!... Fiquei triste apenas com o fim do filme, que foi onde eles se sentiram bastante livres pra mudar muita coisa... E também triste pelo fato da Gina só ter falado umas três palavras o filme todo, mas tudo bem. Não tem como querer que eles passem tudo pras telas mesmo. Cinema e literatura sempre serão ramos distintos, rs. Mal posso esperar o livro! Pelo pouco que acho que te conheço imagino que vai dar um jeito de ler o inglês, hehe. Vou me esforçar pra não ver os spoilers (missão impossível)

Grande abraço!
E abaixo as fãs histéricas!!