segunda-feira, 23 de julho de 2007

Breathe by Leaves (2003)

O histórico de rock indie de qualidade vindo da Islândia não é restrito comparado a outros países europeus. Países como Suécia e Finlândia, de vez em quando, competem neste quesito - lançar bandas de qualidades no mundo -, mesmo assim são ofuscados, comparados à Islândia. A começar pelo exemplo de música islandesa de qualidade, temos a excêntrica Björk, uma das personalidades mais influentes da música européia. Normalmente, talvez pelo clima gelado, a dor, a solidão e temas obscuros são as principais características das letras de música islandesas. Não seria nada diferente com uma banda de três jovens jogadores de futebol (acreditam?), que foram responsáveis por um dos mais fantásticos álbuns lançados após o século XXI.

A música dos Leaves (foto 2) parece uma mistura daquelas bandas de rock cool que conhecemos. É como colocar Coldplay e Doves brigando musicalmente. O vocalista (de voz um tanto limitada) Arnar Gudjonsson transfere uma poesia eloqüente ao interpretar as canções deste álbum. Talvez pela limitação de voz, lembra muito Chris Martim, mas o tom de voz e a colocação melancólica soam mais como um Damien Rice feliz.

Temos como base instrumental a guitarra (pelo próprio Arnar), o baixo (Hallur Hallson) e a bateria (Arnar Olaffson). Mas durante Breathe, percebe-se um piano delicioso e – as vezes-, frenético, um sintetizador calculado, gaita de boca, entre alguns outros não-reconhecíveis.

Breathe colocou os Leaves como uma das mais surpreendentes e promissoras bandas indies européias. O álbum teve grande consagração. Infelizmente, a maldição do segundo disco pegou esta banda. Não que The Angela Test seja ruim, isso não. Mas é apenas mais um álbum feito com pressa a pedido de gravadora. O que é uma pena. Mesmo assim, Breathe continua no pódio de um dos mais fascinantes discos de rock indie europeu dos últimos anos. Ouvindo este sim, encaixa-se a infeliz frase de nossa ministra - “Relaxe e Goze...”

.5 estrelas de 5.

As 5 mais de Breathe:

  1. Cath
  2. Silence
  3. Epitaph
  4. Deep Blue Day
  5. Suppose
LABEL: DreamWorks
RELEASE DATE: 23 September 2003
DISCS: 1 disc
GENRE(S): Indie, Rock

Download álbum:
http://rapidshare.com/files/44420228/Leaves_Breathe.rar.html

Site Oficial: http://www.leaves.tv/





4 comentários:

fernando disse...

fikei curioso. vou ouvir

Polly disse...

Já cumpri o desafio.... Mas com algumas trapalhadas rsrsrsrsrs
Depois passa lá pra ver.....


(www.pollyok2.zip.net)

L.S. Reis disse...

Gostou mesmo da frase da Marta, né! rs
Cara, de rock indie não entendo nada... Você me fez lembrar o Bruno Reis (que não é meu parente!), ele adora falar sobre isso também. Mas me deixou curiosa, vou tentar escutar depois ^^

E apesar de ser conhecida como uma bela duma furadora de correntes, pode deixar que não me esqueci das que você passou pra mim! Na verdade achei legal pra caramba, não precisa se preocupar, em breve posto, só estou guardando um pouquinho ;D

Abração! Sua produção por aqui tá ótima, heim rapaz

R Lima disse...

Tem indicação para você lá no AveSSo... passa por lá.


[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...