quinta-feira, 29 de março de 2007

A miséria rica da Policia brasileira

Em tempos de convívio com a extrema violência em nosso país, assuntos que a envolve - como as polícias-, devem ser mais do que discutidos. Em duas distintas notícias de um jornal diário, percebe-se a contradição que a estrutura policial brasileira se encontra.

Em um momento miserável da polícia, dois homens foram presos em São Paulo após tentarem roubar dez pés de alface e dez quilos de mandioca, do quintal de um mercadinho da cidade de Pontal. Os “bandidos” foram pegos em flagrante após denúncia da população e alegaram “necessidade” para praticarem tal ato.

Em Brasília, em uma situação mais avantajada da polícia, são instalados em um bairro nobre chamado de Lago Sul, um sistema de segurança que consta de um celular em que qualquer tecla acionada chama o serviço da delegacia e em instantes os policiais atendem ao chamado. A medida foi imposta para se tentar amenizar a situação do bairro, que só no ano passado sofreu 238 assaltos.

Com isso, duas grandes feridas do sistema policial brasileiro se abrem. O caso do roubo das verduras, mostra o quanto preocupada é a policia para prender estes “criminosos”. Decerto que o que fizeram merece uma punição exemplar, mas transformar (junto à mídia) o caso em um espetáculo circense, é fora de questão. Soa até engraçado que o caso tenha acontecido em São Paulo, onde recentemente policiais foram alvos de chacotas, visto o péssimo desempenho em punir traficantes, alegando sempre quaisquer desculpas, que mais pareciam medo do que qualquer outra coisa. Com a prisão destes ladrões de hortaliças, talvez tentassem – em vão-, mostrar que são eficazes sim.

Em Brasília (justo lá?), o caso toma o caminho da diferenciação de classes econômicas e sociais. O serviço que a delegacia propôs, serviu apenas ao bairro Lago Sul, privando os seus conterrâneos de tal engenhosa (será?) solução. O bairro realmente foi um grande alvo de ataques criminosos nos últimos anos, ma será que com ele protegido os bairros vizinhos não correm algum risco? O uso de um exclusivo celular, prejudica aqueles menos favorecidos, que passam a ficar excluídos também de uma segurança ao qual todos tem direito. Tal prática pode ajudar muito a controlar a segurança do bairro e, quem sabe, do estado, mas há tantas falhas q realmente é até descartada a idéia dela ser tão eficaz.

São dois problemas que mostram mais fraquezas em um sistema onde a força impera. Apesar de casos de corrupções e de inépcia, as Polícias brasileiras (federal, militar e civil), tem uma qualidade justificável. São exemplos fortes de sobreviventes, que tem de se virar com carros e armas inferiores às dos bandidos. Infelizmente, o descaso das autoridades, o medo da morte e o desprezo do povo, faz com que o número de corajosos e honestos profissionais para tal cargo diminua gradativamente. Os erros apontados não são de um grau de dificuldade enorme de se resolver. São soluções que podem ser tratadas em conjunto, com as polícias, o Estado e a população, para que com o tempo, as melhorias neste setor venham, trazendo consigo um maior bem-estar para nós, medrosos tupiniquins.

21 comentários:

Arthurius Maximus disse...

Como sempre, vc e sua opinião ótima e precisa. Realmente é uma vergonha a atuação de nossa polícia que foi criada nos moldes da pura repressão.
Se vc é branco, tem prestígio ou grana, pode tudo.

Fells disse...

Eu acho que a policia, pelo menos em BH é mto competente. Não gosto de quem fica só falando mal dela sabe? acho que tem tanta coisa por trás, e as pessoas desenvolveram uma tendencia de achar uma razão pra criminosos cometerem crimes e criticar a policia.. isso eh resquicio da ditadura.

Evandro disse...

Concerteza a situação da segurança e da policia é lamentável. tomara que mude logo isso, muito ruin viver assim.

E aproveitando, obrigado por ter aparecido no meu blog.

Valeu.
T+
Vou add vc nos favoritos posso?
T+

EDUARDO GOMES disse...

BLOG INTERESSANTE PORQUE FALA DE POLÍTICA,MAS AO MESMO TEMPO FALA UM POUC DE CULTURA(MUSICA)PARA NÃO DEIXAR BLOG UM POUCO SÉRIO DEMAIS.

Nao tem Sentido disse...

Policias... aqui no RS achoi q falta mais vontade, d chegar junto, sabe. Mas exageros geralmente nao pegam bem. Eles nao podem é esperar o crime chegar, mas ir atras e combatê-lo.
E nao podemos esquecer q vivemos no país da impunidade, onde o bandido, por menor razao q tenha, acaba sendo beneficiado.
Legal o teu blog! Abraço!

comentandoséries disse...

otimo post...como sempre, arrasando parabens!!!ja coloquei o blog no meu favoritos!!!

A.J. MARTIN disse...

Eu moro em Brasília e vou te contar quem mora no Lago Sul; POLÍTICOS em sua grande maioria!

Não precisa dizer mais nada, não é?...

***N@T*** disse...

muito bom o post...
ate+...

Elzinha disse...

mto bom o texto!!!


bom fim de semna.

=]

Descharth disse...

Veja o caso do rabino Henry sobel... roubou gravatas e pagou fiança nos Eua.
Aqui se roubar manteiga fica um ano na cadeia,se matar para roubar fica no máximo 10(pode ser até menos).
ladrão desarmado é mais fácil de prender

Se a ocasião faz o ladrão, então o escolhe o ladrão da ocasião

A.J. MARTIN disse...

Oops, já tinha comentado...

Polly disse...

Cara, GRANDE análise!! E esse título então?

drekelsn disse...

Salario baixo.
Falta de equipamentos e a sociedade indiferente a eles.

E corrupção que há em todo lugar.

Não é só a policia que está assim, mas a humanidade inteira...
Não existe mais autoridade...

E até que ponto isso é ruim?

Fernando Teixeira disse...

A polícia, na maioria dos casos é competente...o problema é que existem milhares casos, e ela não está equipada para infrentar isso. A corrupção dos policiais muitas vezes se deve ao fato de receberem salarios baixos e por isso acabam aceitando "presentinhos". Mas isso faz com que eles fiquem com o "rabo preso" o que o impede de combater de forma correta a criminalidade.

O tempo passa mas a historia sempre se repete. Não é de hoje que os politicos usam da violência para controlar o povo. Por volta do ano de 53 d.c, por exemplo, já se fazia isso. No tempo do então procônsul romano, Caio Júlio Cézar, muitos senadores tinham aliados ricos, que, para defenderem os interesses de ambos, mandavam bandos de marginais armados para levar o caos as cidades, e dessa forma controlar a opinião publica por meio do medo.

É o que ocorre hoje no brasil. o passado sempre quiseram controlar a população pelo medo, não é atoa que o depudado cassado, José Dirceu, foi a cuba para fazer treinamento em taticas de guerrilha. O proprio PT se associou com o PCC e as FARC..o PCC hoje lava dinheiro por meio de postos de gasolina, por exemplo. Obviamente eles estao cada vez mais perdendo o controle e dessa forma não há mais como aguentar

a solução é contruir mais presidios e fazer com que os presos matenham essa prisão, diminuindo assim os gastos. Mas enquanto a culpa da violencia for posta na sociedade não poderemos resolver este problema. É preciso que todos saibam conviver em sociedade, e a forma de pesar mude. Chega da idolatria carioca ao malandro do morro. Aquele que bebe cachaça no butiquim, fica fumando maconha e despistando a polícia. Hoje, o rio paga por isso!

Eduardo disse...

Pelos recursos que tem a policia faz até demais, às vezes faz errado por falta de preparo!

bobeda disse...

Gostei da sua opinião, forte e pessoal. ´Polícia, hoje em dia, dá até medo...

Tito Von Brauner disse...

muito legal esse blog, vou voltar mais vezes.

Diego Moretto disse...

Agradecendo mais uma vez os comentarios que me dão cada vez mais motivação para escrever sobre tais polêmicos assuntos. Entre uns comentarios tivemos a informação de que o Lago Sul é ocupado por muitos políticos, realmente não é preciso dizer mais nada... Gostaria de manifestar que não coloco a culpa nos policiais de forma alguma para este caos em nossa sociedade. O que me preocupa é as condições que eles trabalham, que levam muitos a cometer atitudes bandidas. Soluções como a contrução de presídios com a adoção de trabalho para os presos é sem dúvida uma ótima idéia. Lembrando de um dado de 2005, cada preso (capixaba, no caso) custava aos cofres públicos 660 reais por mês....imaginem, cada um daqueles milhares de presos....vergonhoso. Em sumo é isso. Falta de equipamentos, insegurança, descado do governo e o não-reconhecimento da população por seus atos, fazem o setor policial diminuir gravativamente...o que é uma pena, ainda mais num país como o Brasil. Triste.....bom, obrigado à todos mesmo. abs!!!!

RFL disse...

Cara, ótimo texto, mas o problema é muito maior do que parece. E realmente, os polícias tem certa parcela de culpa, mas estão no meio de um sistema sujo e falido!
Ganham pouco, a maioria é de origem humilde e precisam de outros "meios" para conseguir renda e sobreviver.
Esse problema é muito, mas muito maior do que nós podemos enxergar.

Parabéns pelo Blog.

Tiagho Diniz. disse...

Puta foto.

E "policia p/ que precisa..."

Anônimo disse...

Essa noticia faz parte de milhares que ja conteceu nesse pais..

http://www.atarde.com.br/brasil/noticia.jsf;jsessionid=09CD421D4D2DB3DE06EABAAF557CBF3B.tomcatdube1?id=5625278

Na minha cidade eles matarão um rapaz fazendo caminhada com som no ouvido.. (disserão que pediu a ele parar e ele não parou). mas como? Isso é mais um exemplo da arrogância desse assasinos desastrados remunerados por nós.
neiabrad@hotmail.com