quinta-feira, 15 de março de 2007

O Ilusionista (The Illusionist, 2006)


Uma trama recheada de sentimentos envolventes, entrelaçada por um romance ao toque de incríveis truques de magia ilusionista. Assim é O Ilusionista, um dos grandes pedidos do final do ano e que agora chega em DVD.

[SINOPSE] Ainda quando jovem, Edward (Edward Norton), um filho de camponeses, apaixona-se por Sophie (Jessica Biel), uma adolescente pertencente a uma família da classe alta. Os dois, então, se vêem obrigados a se separarem devido às diferenças perceptíveis. Após um tempo, Edward, agora conhecido como Eisenheim, decide retornar a Viena. Desde jovem, o sujeito já possuía um talento para mágica, que, com o decorrer dos anos, apenas foi aperfeiçoado. E é exatamente como mágico que volta à cidade. Ele consegue assombrar as platéias de Viena com os seus espetáculos e, devido a isso, desperta a curiosidade do cético Príncipe Leopold (Rufus Sewell). A duquesa Sophie, neste momento, já é noiva do príncipe e bastante vigiada pelo inspetor de polícia Uhl (Paul Giamatti), homem de confiança de Leopold. No entanto, mesmo comprometida, a jovem percebe em Eisenheim a figura da sua paixão juvenil, e os dois retomam um romance clandestino.

O filme é passado no final do século IXX, e o diretor, Neil Burger, capta bem a fotografia da época, com deslumbrantes imagens e uma luz que fascina, o que aumenta ainda mais a qualidade de tornar o filme mágico aos olhos dos telespectadores.

Porém, Burger peca ao que se refere à sua confusa roteirização, fazendo partes do filme se perderem de vez em quando, como por exemplo no final, onde o que poderia ser uma virada surpreendente, torna-se um ataque à inteligência de quem acompanhou o filme até o final.

As atuações são salvas. No papel principal, Edward Norton (O Dragão Vermelho) apenas cumpre mal o ilusionista Edward. O ator, que sempre brilha em suas interpretações, ficou apagado (mesmo aparecendo o filme todo) durante o longa, com uma visível falta de emoção. Rufus Sewell (Tristão e Isolda), está muito bem como o quase-imperador Leopold (não sei porquê insistem em crucificar esse ator...). Sewell demonstra um ódio muito real em seus papeis como vilão, apesar de que não sei se o vi em outro tipo de papel. A bela Jéssica Biel (Blade Trinity), faz direitinho, apenas isso. Quem rouba mesmo a cena é o ator Paul Giamatti (A Dama na Água), que assim como a maioria de seus filmes, é coadjuvante, mas não deixa este rótulo o apagar, dando um show de interpretação, salvando até o pífio final. Aliás, quase no final do filme, tem uma cena muito interessante no que condiz a show de interpretação, com os atores Sewell e Giamatti, numa disputa de egos muito inteligente.

O filme já esta disponível em um dvd pobre de recursos. Àqueles que gostam de conferir Making of, entrevistas e etc., vai lamentar este dvd.

Assim, O Ilusionista contém erros muito visíveis, mas se salva graças ao show de efeitos, , a incrível fotografia, as boas atuações e a uma história bela e envolvente. Não se espantem se no decorrer do filme sua boca fica aberta diante tanta magia. Este é O Ilusionista, cativando não apenas a platéia de seu espetáculo, mas também a das poltronas dos cinemas (e agora das casas também).

NOTA: 7.5

9 comentários:

Marcelo Soares disse...

Caralho, muito show, parabéns! :D

André Burgos disse...

quero muito assistir!
*anota no caderno para referencias futuras!*

volte sempre!
HTTP://WWW.CHAVERDE.WORDPRESS.COM

talvez? disse...

Assim, eu já assisti ele, e acho que você foi muito bomzinho na sua nota 7.5 Realmente a fotografia é algo fantastico! Mas.. mas.. não sou fã de filmes desse genero, domingo ou sabado vou colocar uma lista dos meus filmes favoritos! Parabens pelo blog diego :D

beldangio disse...

Queria muito assistir quando era lançamento do cinema, mas acabei adiando. Agora vou alugar. Beijos.

A.J. MARTIN disse...

Excelente filme, apesar de eu preferir "O Grande Truque" (com o Hugh Jackman)
Abração!

André Burgos disse...

aê!

entra na comunidade do chá?

volte logo
http://www.chaverde.wordpress.com

André Logan disse...

Eu tô muito afim de ver esse filme. Minha irmã chegou a pegar mas não tive tempo para ver. Pelo visto a fotografia é o ponto alto do filme, pq todo mundo enfatiza isso.

comentandoséries disse...

eu jah vi esse filme ha pouco tempo...achei mto bom...
claro, que o mto bom que eu achei foi a nota q vc deu.
vi seu blog no orkut parabens pelo blog!!

Azul Abacate disse...

Muito, muito bom, cara!
Volte sempre lá no blog que estarei sempre por aqui!
Beijos