domingo, 2 de setembro de 2007

Selvagens

















Na última reportagem do programa Globo Repórter, exibido pela Rede Globo, a fundadora de uma casa de abrigo para onças, tocou em um assunto peculiar, que se tratando da relação homem X animal, é mais comum do que possamos imaginar. Ao ser perguntada sobre a preocupação em se manter onças sobre cuidados próprios ao invés de crianças carentes, a resposta foi clara e objetiva: "Eu conheço muita gente que está cuidando bem de criança. Todos os que cuidam uns dos outros estão fazendo aquilo que é possível. Eu escolhi os felinos porque não tinha ninguém mexendo com eles. Foi uma questão de opção. Mas, se um dia eu tiver que cuidar de uma criança, não vou me omitir. Nós somos parte de tudo isso. Para mim, é como se tudo tivesse uma alma só. O que eu não quero para esse animal é o que eu não quero para mim", conclui.

E no que condiz às nossas obrigações como seres humanos, ela está absolutamente certa. Aos que não concordam, pense que o mundo não é feito apenas de humanos e que apenas nossa espécie é tida como “racional” - termo esse que nem sei se ainda merece ser usado para nos definir.

Tanto se condenou as matanças de tigres na África pela pele ou de baleias no Japão por causa do óleo e atualmente, exemplos nojentos de maus tratos estão por toda parte, e passando despercebido por muitos. Ainda mais aqui no Brasil, onde o tráfico de animais raros é bem comum, e que já levou algumas espécies de nossa fauna à extinção e colocou outras em uma extensa lista de ameaças. Além disso, há o problema dos circos, que estão mais para freak shows do que para espetáculos maravilhosos. Nada contra os circos - arte circense é uma maravilha -, mas a situação com a qual os animais são tratados (sem querer generalizar, mas já generalizando), é acima do cruel. Mesmo tendo suas exceções, a louvável atitude dos estados Rio de Janeiro e Pernambuco – que proibiram circos com animais-, deve ser obrigatória em todos os estados brasileiros. É sim uma atitude radical, mas é a possível solução para o problema de maus tratos e abandonos nas estradas deste Brasil afora.

Além disso, mudar a legislação referente à crimes ambientais, é algo a ser feito o mais rápido o possível, já que as leis aplicadas a esses tipos de crimes são muito brandas e quando não o são, possuem tantas cláusulas que o bandido fica sossegado ao ser condenado.

Este é um problema de cada um de nós. Pensar em ajudar estes animais somente em casos extremos é puro egoísmo. São pedaços do ciclo de vida ao qual fazemos parte. Atualmente os papéis estão trocados... Não dá para saber quem são os selvagens da história. Mas isso podemos mudar, e seria bom que começássemos desde já, antes que cantos e rugidos não possam ser mais ouvidos naturalmente.

21 comentários:

chê! disse...

Só de evitar a biopirataria já ajuda muito. E se além de evitá-la, pessoas ainda cuidarem dos animais, melhor.
Parabéns pelo blog campeão.

Rodolfo Sobral disse...

(...) "Não dá pra saber quem são os selvagens da história." É triste ter que concordar com a fundadora, mas ela tem roda razão.
Vi alguns vídeos sobre animais de circo que me deixaram muito preocupados. Infelizmente as coisas estão andando pra um sentido nada sádio e o que não podemos fazer é cruzar os braços.
Parabéns pela postagem!

www.rodolfosobral.blogspot.com

Slim Shady disse...

Realmente,dificil distinguir o selvagem na história,mas a coisa é certa,os únicos prejudicados ,somos nós.

Abraço

BurnedBullet disse...

selvagem somos nós
os humanos.

Danilo Moreira disse...

O q me chateia nessa história é q há anos q eu ouço falar nesse problema de maus tratos de animais, muito tempo mesmo, e é algo que nunca mudou, e ao meu ver, parece aumentar a cada dia mais. Até quando???

Abraço!!!

Tem novidade pra voce no Em Linhas...

-----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Delírio nº3
-----------------------------------

BurnedBullet disse...

já havia comentado
mas vou denovo



o que o ser humano sabe fazer
além de destruir e causar o mal?
quase nada..

Net Esportes disse...

Exatamente, os animais tem que ser ajudados mesmo, com relação aos circos, acho ruim um Estado ou outro proibir, o que dev ser feito é um fiscalização total, circos como o do Beto Carrero por exemplo trata muito bem os animais.....

Bad Brain Machine disse...

humanos fedem!

Anônimo disse...

fico muito triste quando vejo um animal abandonado ou maltratado... as vezes os humanos tinham que sofrer as mesmas coisas que esses animais , para ver se apreendem.. o que é a farra do boi? um absurdo...

Abrçs e ótimo texto

André Logan disse...

Todo mundo acha um absurdo quando eu falo que na maioria das vezes, me preocupo mais com os animais do que com os seres humanos, salvo as exceções... o ser humano é digno de pena...

André Alves disse...

muito bom seu blog,
depois volto com mais calma
Um Abraço!!

Joice Kelly disse...

Pois eh isso eh um problema mas o que nos poderiamos fazer qto a isso se mesmo que a gte grite os donos dos zoologico nao sao punidos..

Dani Vidal disse...

Eu sou contra circo com animais e me lembro de ter ido ao zoologico apenas quando criança.. não gosto também. Acho que isso é uma privação .. algo muito cruel.
Nao vi o globo reporter tambem pelo fato de que fico muito mal depois de ver essas coisas.

César Fernández disse...

ual, parabens pelo texto!

Frederico disse...

cara cada um ajuda como pode, gostei bastante da abordagem que fez ao assunto, na verdade aos assuntos você começou na caridade e foi terminar no direito.. é um texto conciso e direto... a questão de mudar a legislação ambiental é importante, porem tambem temos que mudar o codigo penal, a lei de execuções penais, só que o povo de brasilia não tem tempo, cada hora a polica federal pega um roubando ai eles param de trabalhar pra fazer CPI, pra ver que, roubou mais pra repartir a diferença srsrsr mais acho que o principal não é isso, o principal é a questão da educação, pois com a educação mellhorada e abrangente é possivel resolver o problema da fauna, flora, corrupção, criminalidade.. e ate nos bons modos

Elza disse...

"Não dá para saber quem são os selvagens da história."


mas é claro que dá: somos nós os seres 'pensantes'.


=]

R Lima disse...

Irracional é tratar animal como "animal", mas infelizmente isso aqui é Brasil, um país onde nem criança e idoso é tratado com respeito...

E digo isso não no sentido só das leis.. é da consciência humana, da qual não há lei que mude,..



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

paulo disse...

realmente oq ele disse eh vdd ja existem muitas fundações cuidando de crianças,e de animais quase nenhuma.
e deveria haver mais fiscalizaçao,e shows com animais deveriam ser proibido toda q qualquer tipo de apresentação

O ANTAGONISTA disse...

O mundo dá voltas. A natureza nos destruirá antes que nós consigamos fazer isto com ela.

Concordo com vc, fazemos parte de algo maior, mas somos os únicos que ainda não percebemos isso.

Valeu.

Fábio C. Martins disse...

Também concordo que as instituições que regularizam os maus-tratos com animais silvestres é branda, além do mais, muitas leis brasileiras acabam por não complementar umas as outras, causando uma enorme lacuna. Algumas até vão contra a própria Constituição Federal, algo inadimissível, pelo menos do meu ponto de vista.

Enfim, questões jurídicas à parte, achei perfeito o que a mulher falou sobre os animais, visto que, eles são a nossa pátria, são a cara do Brasil, logo somos nós mesmos. Sim, uma alma só.

Se existisse mais pessoas com essa, com certeza, teríamos um país mais igual e de ponta.

Abraços
PS: Posso demorar pra comentar, mas certeza que comentários virão. ;)

Rob Gordon disse...

Cara, citei você nas minhas indicações (tardias) de blog day. confere lá depois.