sábado, 8 de setembro de 2007

O filme mais brasileiro do século: Tropa de Elite – Discussão

Além de tocar em assuntos que atingem sem dó nem piedade diversas camadas de nossa sociedade – mais ainda a população fluminense-, o filme de José Padilha foi vítima de um crime que muitos de nós cometemos, mas fazemos sem pensar nas conseqüências, que é a pirataria. Assim, discussões são inevitáveis, e Tropa de Elite vem causando rebuliços e opiniões diferenciadas em cada canto do país, o que é incrível em um país como o Brasil.

Discussão 1: O Caso de Polícia.

A questão da pirataria, ainda mais neste caso, deixa evidente que é um crime com força em nosso país, e não é feita por pessoas em particular. O que temos nesse mercado, é sim uma máfia - ou um crime organizado, se preferirem. A prova é tida nos indícios de que o técnico de edições teria vendido o longa por 5 mil reais, montante bem superior a renda de um grupo de camelôs para se pagar em um filme. A investida desse grupo deu certo. Tropa de Elite é o filme mais procurado nas ruas das cidades e já é encontrado até em locadoras, que colocam o filme para locação. Infelizmente, não se têm muitas alternativas para se combater a pirataria. Em um país onde o preço de um dvd original, não sai por menos de 40 reais, chega a ser um absurdo criticar aquele trabalhador que ganha por volta de 3 salários mínimos e tem uma família para sustentar, quando esse compra o mesmo dvd de R$ 40 por R$5. Além disso, hoje em dia, pensa-se duas vezes em pagar 15 reais em um ingresso de cinema enquanto já se tem o filme desejado por R$5 no camelô mais próximo. Assim, com uma economia arcaica como a nossa, e uma organização poderosa como é a da pirataria – junto também com o nosso famoso “jeitinho brasileiro”-, é um problema difícil de se solucionar. Além de tempo, é necessário mudar muitas coisas que afetariam economia e sociedade de uma forma avassaladora, e sabemos como isso já é o bastante para que não façam nada para resolver tal problema.

Discussão 2: O Filme.

Manchete da parte cultural de um importante jornal capixaba: “‘Tropa de Elite’ está na mira da polícia”. Segundo relata a reportagem, um grupo de 23 policiais militares vai pedir a suspensão do filme nos cinemas brasileiros, alegando que o filme fere a imagem da Polícia e do BOPE - Batalhão de Operações Policiais Especiais. Ok, mas vamos com calma. O filme do José Padilha em momento algum faz referencias maldosas a nenhuma das partes. No que condiz ao BOPE, é até o contrário. O BOPE mostrado no longa, é o sonho de policiais que deveriam estar nas ruas nos defendendo. Com uma competência fabulosa mostrada e um lado digno de ovação, o BOPE em nenhum momento é manchado por mentiras durante a trama. Agora em relação à Policía Militar e Civil, é diferente, mas não injusto. O filme mostra apenas um lado que sabemos que existe mas não acusamos por falta de provas. Vendas de armas para traficantes, corrupção dentro do posto policial, participações em esquemas de jogos e prostituição, entre outros delitos que não eram para ser cometidos por àqueles em que devíamos confiar. Entretanto, Tropa de Elite também mostra os motivos que levam esses policiais a “entrarem” neste mundo. Exemplificando o salário baixo (o policial iniciante no Rio de Janeiro é o que menos ganha em todo o país) e as más condições em que o oficial é submetido ao trabalhar. Focalizando no sistema que acomete aos policiais do Rio de Janeiro, surpresas horríveis são apontadas nas estatísticas, o que nos fazem ficar perplexos com a bola de neve da problemática, e que requer urgência na resolução. Comparando com São Paulo, além do salário inicial ridículo (em São Paulo o valor do montante é de R$1240), o índice de resolução de problemas – que em SP é de 70 %-, no Rio não passa de 2%, o que é um absurdo. Além disso, o número de produtividade da policia fluminense caiu 31.7% só este ano. É um retrato triste, mas que está escancarado e ninguém toma uma providência adequada para reverter o quadro. Como vêem, não tem fundamento a alegação da Policia Militar em barrar o filme. Seria até estupidez eles fazerem isso.

Discussão 3: Censura.

Além da reivindicação dos PM´s quanto as cenas do filme, algumas autoridades concordam com a exibição do longa nos cinemas contanto que tirem certas partes, como a dos playboys sendo mortos e carbonizados. Isso é o mais ridículo. Em pleno século XXI sermos obrigados a nos deparar com tamanha bobagem. Se for assim, é melhor que a versão pirata continue rodando por aí.

Enfim, Tropa de Elite, como foi dito no post/crítica, deveria ser obrigatório a todos os brasileiros. Não é apenas um estupendo filme, mas a realidade mostrada é aquele que vem fazendo com que o Rio de Janeiro se assemelhe à campos de conflito no Iraque. É um grito às autoridades, para que olhem para o sistema que acomete às policias e tomem providencias: aumento de salário, equipamentos eficientes (porque o dos bandidos é mil vezes superior aos usados pelos policiais), direitos impostos, entre tantos outros podres que não dão mais para piorar. A violência no Brasil – com destaque ao da cidade maravilhosa-, consome o poder de nosso povo diante o mundo. Encobre aquilo que temos de bom para mostrar aos estrangeiros e atrapalha e muito o desenvolvimento do nosso país. Já é tarde para se começar a fazer algo.

24 comentários:

Danielll2 disse...

Parabens pelo post! se foi você que escreveu, está de parabens!
Realmente.. é triste saber que o filme não vai arrecadar muito dinheiro por causa da pirataria. Esse é um dos principais motivos do Cinema Nacional Ser como é.

A respeito do que o filme fala sobre o BOPE. Eles falam muito bem do BOPE. E o BOPE na verdade... só tem corruptos! são tudo corruptos, pelo menos a maioria!

Essas armas que os bandidos usam para traficar e assaltar, vem dos próprios policiais!
São tudo ladrão! Se bobear, Policias da PM e do BOPE são mais ladrões do que os próprios bandidos!
Essa é a realidade no Rio de Janeiro, e não o que conta o "Tropa de Elite".

www.danielll2.blogspot.com

Net Esportes disse...

post bem escrito mesmo..... esse filme vai dar a maior repercução, liás já está dando pois é a segunda vez que vejo um blog falando a respeito não só dessa censura como também do vazamento do filme que muitos já conseguiram ver.....................

Anderson disse...

Bem, por mais que o filme fale mal do nosso país, isso vai ( eu acho ) acordar os brasileiros, vendo que país é esse, para mudar este, para que no próximo filme tenha somente ponto positivos.

Mau disse...

Nem vi ainda,
mas to tri afim.

Flá Romani disse...

Bom post heim !!!!!

esse filme ainda vai dar muito o que falar

^^

Eduardo disse...

Pirataria é foda prejudica muita gente e desestimula a produção de filmes de qualidade no carente mercado brasileiro.

young vapire luke lestat news disse...

Tenho ovido falar neste filme, e a cada dia que passa minha curiosidade aumenta mais, estarei em SP.e RJ. do dia 24 a 29 espero ver .


Quanto ao poste de hoje esta, perfeito.......



[]s L.Sakssida

reflexões disse...

bem, vou deixar p ver o filme aí posso formar uma opinião. Porém depois dessa crítica com certeza terei outros olhos.

Pk Ninguém disse...

Você tocou num ponto bem interessante na primeira discussão, que é a questão do valor de um produto para quem ganha pouco, já que estamos em um país onde você paga mais imposto do que consegue adquirir bens duráveis ou não.

Lucas disse...

O vazamento antes da estreia e algo quase impossivel de se evitar hoje em dia, mas embora atrapalhe financeiramente, a repercussão é tamanha que o conhcimento sobre o filme já se tornou bem maior do que conseguiria com qualquer propaganda, bom post...
visite meu blog:
www.oapanhador.blogspot.com

Larissa Bohnenberger disse...

Oi, Diego.
Pois é, concordo com você! A pirataria é um crime sem solução. Realmente, não dá pra culpar o trabalhador que opta pelo pirata de 5 reais, qdo nós mesmos, da classe média, baixamos o filme da internet e gravamos em DVD. Claro, a maioria de nós faz para consumo pessoal, e não para comercializar, mas mesmo assim! É pirataria, não é? Mas enquanto o cinema (e a música, pois temos pirataria nesta área) for uma arte tão cara e de acesso a tão poucos, realmente, solucionar o problema torna-se impossível.
Bjs!

Alma Collins disse...

Eu não assisti este filme, mas acho uma pena ter que mostrar para o mundo inteiro este Brasil sem lei. Um grande abraço

PiMP Jones disse...

Curti o blog, parabéns.

Daluska disse...

cara... não é a primeira vez que passo aqui... mas o blog tá com a qualidade de sempre...
parabéns pela crítica do filme!

Layrtthon Oliveira disse...

A pirataria é inevitável, rapaz. É fruto de toda uma sociedade desigual e excludente.
Acho uma bobagem a censura, parece-me a ditadura. E a liberdade de expressão? Aonde fica?
Excelente crítica.
Abraço.

Feeu.fa disse...

Realmente um assunto um tanto quanto interessante, porém se tratando das deficiências do nosso país torna o filme de certa forma grotesco ao se tratar das favelas com um certo tom de "agressividade".(eu acho)
Bom, em relação ao texto escrito acheei peerfeito, fato que me fez adiciona-lo no orkut.
aoishoaishosihoaihs.
Beijo. x)

Bernardo Lima disse...

fala diego, td blz, cara?
por ironias do destino de posts semelhantes nos tornamos leitor um do outro, né?
rsrs
isso é legal...
sobre a pirataria, cara, só tenho a dizer q nem tds gostamos de comprar algo pirata, até pq prefirimos coisas originais, como cds com encarte bonitinho, mas infelizmente temos uma verba mt baixa para a maioria da população brasileira...além de existirem pessoas honestas que só querem ganhar o pão de cada dia, msm q pra isso tenham q piratear...

sobre a censura do filme, acho q devia passar na íntegra pra gente no cinema, afinal tem coisas q eles nem falam tb...por exemplo: vc acah q o bope tb não extorqui ng? sempre tem as laranjas podres do cesto...esses dias me peguei pensando se o tal furto do filme não foi uma certa jogada de marketing, ainda mais visto que oi filme seria censurado, e talvez nunca víssemos ele completo. Aí, com o roubo do filme pudemos ver...
enfim, são coisas a se pensar com calma...

aí, depois de tanto tempo, rsrsr, não tá afim de linkar meu blog e eu faço o msm?

sobre teu voto, vlw aí e continue votando, se possivel...
abração, cara!
continue postando!!!

Rafael Barbosa disse...

Ainda não assisti ao filme. To tentando resistir a tentação de baixar e assistir quando estreiar no cinema. Mas a minha situação tá complicada. Sem tempo pra nada!

abraço!

Henrique Fogli disse...

Coincidência... escrevi um texto sobre censura hoje mesmo... mas com outro causo...

Post sensacional pra variar! Abraço!

Danilo Moreira disse...

Infelizmente enquanto não melhorarem as condiçoes de vida dos brasileiros a pirataria vai continuar existindo sim, até pq o interesse do governo em combater é pq eles nao pagam impostos e nos leva a nao pagar tb. Só isso, impostos.

Qto a censura, é assim mesmo, tocar na ferida dos outros é refresco, agora quando é na nossa, a coisa é bem diferente. O q me revolta é q há certas autoridades q se preocupam mais em vetar essas coisas do que propriamente cumprir as suas verdadeiras funções.

Infelizmente, apesar do filme ser bacana e mostrar essa realidade, sinceramente, tudo ficara na mesma. No máximo, será apenas mais um entretenimento para abafar os nossos dias cheios de injustiças e de gente estúpida por aí...

Eu, juro, to de bom humor hj...rs

Tem postagem nova no meu blog, um novo Delírio, qdo puder, confira!!!

-----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Delírio nº4
-----------------------------------

Ludmila: uma garota simples + q... disse...

naum vi esse filme ainda quando ver comento...
hj estou entrando na vida de blog...
achei o seu mt fera
vc tem um senso critico mt bom

confesso q naum sei escrever tão bem quanto vc + pode passar lah pra v c for ruim pode fala
bjo*

Homossexual e Pai disse...

não consigo nem comentar esta vergonha! fiquei anestesiado!
[[]]

Wagner "BaHiA" disse...

Post, perfeito diego!
fiz um link pra esse post e pro blog tambem la no meu espaço!

E sobre o filme, não tem o que dizer.É simplesmente perfeito. Chega momentos que te da raiva de saber que as coisas não funcionam neste brasil como se deveria funcionar. Agora imagina só, se muita gente já assistiu tropa de elite "versão pirata", o que será que esses traficantes devem comentar sobre o filme?? Ou será que nao chegou la? Com certeza que sim!
Deixo o recado...flww
tolokoentao.blogspot.com

isah bastos disse...

boom
eu tenho que descorda de um comentário
pq na verdade os unicos policiais corruptos são aqueles que vivem nas ruas.. os PM's
eu acredito que no BOPE não tenha corrupto ;~ pq pra mim eles querem mesmo é acabar com todos os corruptos mesmo. pra mim se não fosse por eles .. o rio estaria completamente perdido. acho que teve gnt que andou confundindo as coisas. tá certo que mto pm corrupto tenta entra no BOPE, mas não creio que eles consigam. pra que eles vão querer sair da corrupção deles.. que é mto mais facil de ganhar dinheiro.. pra entra numa equipe que a qualquer hora vc pode tomar um tiro e morrer. não faz sentido :S o BOPE quer apenas melhorar o rio e eles realmente acreditam no Brasil;


quanto ao filme.. é muito bom. pois realmente nos mostra oq acontece e não sabemos ou fingiimos não saber e é realmente triste saber que a maioria das pessoas não estarão nos cinemas pra ver o filme.. mas como dizem q no cinema o filme tem 25 minutos a mais, quem sabe as pessoas não se interessem (x