quinta-feira, 9 de agosto de 2007

O paradoxo da (in) eficácia da Polícia

Inevitavelmente, nós brasileiros, começamos a conviver com a desesperança. Foram desilusões que iam de um presidente que se dizia forte, mas era fraco, de um sistema que era invejado e que se mostrou podre e de uma polícia que sempre foi tida como a nossa salvação, mas que tem cometido tantos erros tristes que também entra na lista das desesperanças de nosso Brasil.

No começo desta semana dois acontecimentos nos fizeram ficar em dúvida: Será que somos tão injustos ao se referir às polícias (civil, militar e federal) como ineficazes? Ou realmente é mais um tipo de falha ao qual não teremos bons resultados em tão breve tempo?

Na última terça, um dos maiores traficantes do mundo e o segundo homem com maior recompensa na procura (o primeiro é o Bin Laden), foi preso em São Paulo. O colombiano Juan Carlos Ramírez-Abadía, residia no país já há algum tempo e vivia como um milionário, assumindo cargos importantes e com vários projetos em pauta, inclusive a construção de um aeroporto ao qual ajudaria nas viagens de seus comparsas na entrega de suas drogas. A Polícia Federal (que aliás este ano vem surpreendendo) fez um ótimo trabalho, sendo até a ovacionada pela imprensa internacional. Como viram, nem tudo está perdido, entretanto...

No final de semana, no município da Serra (ES), o vereador Antônio José Denadai (PL), foi detido após ser pego em alta velocidade pela polícia. O vereador não quis parar o carro, iniciando uma perseguição. Após ser algemado e levado em camburão, o deputado se recusou a fazer o teste do bafômetro. 3 horas e muitos copos de água depois, o teste foi feito, comprovando que estava sim com um nível de álcool superior ao permitido. O vereador pagou uma fiança de 350 reais e foi solto. Segundo ele, os policiais bateram e o roubaram, já que tinha 10 mil reais em seu porta-malas ( dinheiro que vai ter de explicar a origem...).

O que temos neste caso, é a força de um cargo alto. O vereador, apesar da pequena fiança, não sofreu com nada. A sua carteira de motorista continua como estava, não precisará responder processo e muito menos será condenado por alguma coisa. Agora fica a pergunta, por que isso? No que ele é melhor que o resto da população, que seria sem dúvida mantida presa e com diversos processos nas costas? A notícia causou grande ofuror local, já que a população ficou, com razão, revoltada. O caso todo é triste: porque a demora em se aplicar o teste do bafômetro? Porque a fiança tão baixa? Porque não manteram preso? Porque não foram tirados pontos da carteira?? São muitos porquês desnecessários.

São dois casos totalmente contraditórios, que apesar de mostrarem uma luz verde em um túnel bem escuro, ainda nos dão incerteza se podemos confiar na polícia como deveríamos. O caso de terça-feira mostra que é possível sim, só aplicar algumas soluções. Será que a unificação das polícias seria uma boa? Um reajuste de salário? Maiores condições de armamentos?? Entre tantas várias que deveriam ser estudadas, para que casos como o do último sábado não voltem a acontecer.

Agradecimento especial à amiga Priscilla Torezani pela indicação de tema... o branco ainda me persegue. Obrigado Pri e Feliz Aniversário.

17 comentários:

Mr. Rickes disse...

Como tudo na vida, a policia tem 2 lados.
O bom e o ruim.
Ou melhor!
O dos policiais honestos e o dos policiais corruptos.
Não devemos generalizar, já que temos uma total tendencia de jugar sempre pelos erros.
Mas tenho fé que os bons são maioria.


0/

MaxReinert disse...

... que dizer????
Tempos difíceis!!!!!

espero que tenhamos mais consciência num futuro próximo!!!

Dragus disse...

Apenas uma coisa me preocupa nisso tudo, é que estão acontecendo diversos concursos no país e estão entrando nas policiais pessoas completamente revoltadas com o sistema atual e a impunidade.

A longo prazo significa um aumento considerável na quantidade de policiais que exercem a profissão de justiceiros durante as folgas, pois o sistema inibe que se faça justiça.

Pois nossa lei é longe de qualquer justiça minimamente aceitável... Mas será que teremos que assistir a proliferação destes justiceiros até a evolução para um golpe de estado ou o estado atual consegue se recuperar disso?

Eu voto mais pra golpe de estado mesmo.

(fica de tema, se quiser discutir depois)

Floradas de amor disse...

Acredito que a unificação das polícias seria sim um caminho, mas teria que ser um projeto elaborado a longo prazo, pq poderia virar uma 'embolação´de polícias.
Necessário seria garantir boa formação, salários justos, o policial que possui uma qualidade de vida satisfatória, mostrará com seu desempenho profissional, sua satisfação pessoal.
Não é fácil, mas não acredito ser impossível, o que falta eh boa vontade das autoridades, penso assim!

Boas vibrações sempre!!!
~Ana Brunini

Carol disse...

A gente não deve generalizar. Assim como há bons policais, há também os mals, como em toda profissão. Acho que unificar as polícias não seria suficiente se pelo menos a polícia militar continuasse como está: despreparada, corrompida, ganhando mal, sem armamento, sem carros, o problema é que dar o peixe é mais fácil do que ensinar a pescar, com isso a gente vê mais coisas absurdas por aí...
Hoje um "polícial" militar foi preso no Rj por facilitar o tráfico sexual... esses maus precisam ser banidos e os bons reconhecidos.

Danilo Moreira disse...

É aquela coisa, uma fruta podre apodrece as que estão em volta no cesto.

Porém, a fruta pode ser uma só, mas chama mais atenção do que
todas as outras que estão sadias. A mesma coisa acontece com os policiais corruptos/honestos.

Tem que se melhorar muito na area de segurança, muito mesmo...

Abraços!!!!

-----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Tem Um Carro Me Seguindo!!!
-----------------------------------

VW disse...

Eu já perdi as esperanças no Brasil. Não apenas com relação às polícias, mas com relação a quase tudo que envolve o nosso sistema...

PS: Cara, vi que vc está estudando saneamento, e eu sou formado nesse curso tb! Estudei no CEFET-MG, mas foi na década passada, hauhauhaua... Boa sorte nos seus estudos!

DuDu disse...

Uma policia com 100% de bons policiais... Utopia!

xD~~

Tania disse...

show de bola teu blog =)

drika disse...

Muito bom seu blog parabéns

Drika

http://penajaka.blogspot.com

Tay Mendes disse...

Vim agradecer a visita
O titulo ja diz tudo
Muito bom e interessante seu blog
Quando puder volta la
Beijos

well disse...

a verdade q brasil esta um caso perdido uns coisas q escapar e a policia fedetal mas nen tudo e flor q cheire naum pra tira um parsaporte na pf e uma onda

http://blog-dio-rato.zip.net

R Lima disse...

Vivmeo no país das grandiosas disparidades... ao mesmo tempo que vemos eficiência (em dose tímida) vemos tb assustadora falta de caráter que atinge aos orgãos do poder.

Acredito eu que qm entra numa coorporação assim tende a ser corrompido... salvo raras exceções.



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Luís disse...

eh... inevitavel
uma coisa leva a outra
sem o quew comentar sobre as frutas podres ne?!
destacam msmo!

---
http://luis-afc.blogspot.com/

Robertinha Diferente disse...

Ahh.
mas existe os bons policiais também..
não pode generalizar!
hehehe

beijos

Eduardo disse...

Dinheiro!!!

Acho que para prender o traficante o motivo maior foi a recompensa oferecida, caso contrário policiais corruptos poderiam morder o cara levando uma boa grana para deixa-lo solto.

Será que os policiais que prenderam o politico não receberam uma graninha?

O ANTAGONISTA disse...

O problema das nossas polícias passa por falta de equipamentos, falta de pessoal, falta de salário dignos (é inimaginável que alguém combata o crime tranquilo e empenhado, sabendo que sua família mora numa região cheia de criminosos)...

Infelizmente, mesmo que se melhorasse tudo isso, nossas polícias ainda estariam longe do funcionamento perfeito.

Nosso país precisa de crescimento econômico e educação básica gratuita de qualidade. Sem esse binômio seremos sempre um país de terceiro mundo e nossas polícias funcionarão sempre precariamente.

Valeu.