sábado, 17 de novembro de 2007

Cultivando The Secret - O Segredo











Em 2007, fomos surpreendidos com um livro e um documentário que prometia mudar a vida de todos, transformar desejos em realidade de uma maneira fácil, que até então poucos conheciam, mas que sempre foi usada pelos maiores gênios já existentes. Fala-se do Segredo, ou simplificando, a Lei da Atração, que seria nada mais do que atrairmos, por meio de muita convicção e força de vontade, tudo o que buscamos usando apenas nosso pensamento. Complicado? Ok, funciona mais ou menos assim (segundo o documento):


Todos nós possuímos desejos. Algo que queremos muito, seja lá o que for, dinheiro, casamento, um carro, uma casa, um emprego...não importa. Segundo o documento, podemos obter o maior dos nossos desejos apenas usando o poder da mente. Sim, a mente é poderosa, segundo a teoria. Ao focalizarmos em nosso objetivo de maneira convincente, emitimos sensores para o Universo que nos devolve aquilo que realmente lutamos por meio de nosso pensamento, já que esse é o motor de nossas vidas - segundo a teoria. Tudo de bom e ruim que aconteceu conosco, foi devido o estado de espírito que nos encontrávamos. Ou seja, se você estiver mal, seu dia será mau, tudo que há de ruim terá maior probabilidade de acontecer com você. O que seria o contrário, caso acordasse de bom humor.

Lógico que não é fácil assim. A teoria funciona, mas não dessa forma simples. Na verdade, a esperança já é de caráter humano, e não vem de uma teoria.

Quem não o viu (ou leu) o The Secret – O Segredo, recomendo que o façam. Já adianto que é chato e enfadonho, mas traz algo que realmente falta em nós no dia-a-dia: A esperança diária de que tudo melhorará.

De forma mascarada e usando uma fábula teórica, o documento realmente nos alerta de que em plena era capitalista, não adianta baixar a cabeça e pensar que tudo se resolverá com o tempo, que não vai acontecer. O ímpeto diário, que devemos ter ao acordar todos os dias, a motivação, o desejo de ser feliz, tudo isso faz parte quando queremos uma boa vida, mesmo que estejamos passando por momentos incrivelmente ruins.

O documento nos faz compreender que não adianta criarmos uma rotina semanal sem acreditarmos que faremos isso para cumprirmos algum objetivo. Temos de acreditar em si próprios e ter sempre algo em mente, seja o que for, mas que faça ser grandioso para enfrentar os perrengues com muita vontade.

Então é isso, foque em um objetivo e lute por ele. Tente cumpri-lo o mais depressa que puder para que outros objetivos também venham em sua vida. Acredite em si mesmo e não esqueça que a força, a chamada Lei da Atração, é seu próprio suor. O Segredo é a sua fé. Boa sorte na sua cultivação!


Cultivação do bloggueiro: Passar na prova da UFES (25/11) com boa colocação...

20 comentários:

polly disse...

eu assisti o video sobre esse livro, achei interessante, eu ja meio q achava o mesmo, esse lance de "lei de atração" concordo com isso!
t+

K.Rafael disse...

Aff quando eu começo a ler um livro e vejo que é chato, não tem quem faça eu termina-lo de ler....

Kemp disse...

Taí... gostei muito do post e da teoria...
Muito bom!
Abração!
Kemp

Gilgomex™ disse...

pelo que tenho visto em vários blogs por aí, e em sites especializados também, esse "The Secret", um tipo de Teoria da Conspiração às avessas...

algo que nos fará pensar no bem maior com apenas um pensamento positivo e firme em apenas uma coisa...

cara... preciso mesmo começar a pensar na minha Ferrari!!!

PS: sobre Teoria da Conspiração, agora ainda surgiu a série: "O Sistema", na Globo, que trata desse exato assunto.

R Lima disse...

Há prêmios e reconhecimentos no AveSSo. Passa por lá e confere as indicações.


[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Arthurius Maximus disse...

Isso tudo é uma balela enorme. Tenho a opinião de que se pensamento positivo ajudasse, ninguém morria. Afinal todos pensamos que somos saudáveis, jovens e muito importantes. Não que eu seja pessimista, mas a realidade se faz presente e dizer que só não tem sucesso quem não pensa positivo é uma desculpa para vender coisas e ficar rico.
É jogar no paciente a responsabilidade pela cura ou pela morte por câncer. E isso é um absurdo.

Danilo Moreira disse...

Bacana a ideia desse livro, realmente o q muitos estão precisando é motivação, já que infelizmente parecemos nos fechar numa caixa de rotina onde apenas nos limitamos a ganhar dinheiro e pagar as contas e os impostos.

Concordo em partes com essa teoria do livro. Não deixaria tudo na conta do pensamento, pq senão, pense bem, haveria algum politico vivo hj? E os nossos chefes carrascos, como estariam? Quantas pessoas milionárias haveriam no mundo?

Agora, uma coisa vc disse é verdade, o negocio é focar num objetivo e cumpri-lo, mas a motivação e o fato de acreditar em si mesmo (aí concordo com o livro), é essencial para no final sentir o gosto da recompensa.

Agora, cá entre nós, esse autor é um bom marqueteiro. Falou em contar segredo, quem é que nao fica curioso?...rs

Vc publicou uma ótima postagem para começar a semana.

Abraços!!!!

----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Em Cacos
----------------------------------

lucaxxx disse...

Um professor meu do cursinho me falou sobre esse video. Eu vi que tem Youtube, acho que em 10 partes de 10 minutos cada, e por isso desisti de vê-lo. Procurei no emule e vi que o arquivo de video tinha 700 megas, o que me fez novamente desistir de ver o documentario. Depois assistindo qualquer canal da tv aberta vi a propaganda sobre o livro, mas não me encorajei a ler o livro pois eu encaixo isso como auto-ajuda, e eu odeio auto-ajuda ehhe. Acredito que tenha algo de bom no documentario-livro sim, mas sei lá essas coisas nunca foram pra mim, não é meu tipo de leitura ou progaram preferido. Um video que esse mesmo professor indicou para dar coragem de vencer era o dos humoristas sobre aquele Phil qlq coisa que tem no youtube, e tambem o daquele empresario que levou o filho doente dele no iron man, esse é foda. Abraçãooo

Dragus disse...

Não curto esse tipo de livro.

O único que se dá bem com livro de auto-ajuda é o autor.

Devia se chamar autor-ajuda. =p

Mas não deixo de ver que existe gente que realmente consegue tirar leite da pedra nesses livros, mas eu não sou uma delas.

A vida me fez cético para muitas coisas.

Infelizmente para alguns, felizmente para outros.

O ANTAGONISTA disse...

Não li, mas vou procurar ler, aliás, essa vai ser minha primeira cultivação: ler o segredo! Eu não curto muito esse tipo de literatura de auto-ajuda, mas em alguns casos pode haver coisas interessantes.

Valeu pela dica.

Dorian disse...

O segredo mesmo é acreditar e se mexer! Ficar de braços estendidos esperando as coisas cairem do céu não vai dar resultado. Temos que acreditar que somos capazes de fazermos a nossa parte!!

Fabio disse...

Eu vi em DVD. O segredo do Segredo é o pensamento positivo para as simples coisas da vida. Parafraseando Nélson Rodrigues:

"Se vc ficar pensando no azar, até para chupar um chicabon pode ser fatal, pois vc pode se engasgar com o palito ou ser atropelado pela carrocinha.

Abs

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. If is possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll, I thank. Good bye friend.

L.S. Reis disse...

Olá Diego ^^
Não li nem assisti, rs. Mas minha prima leu, e achei interessante que o livro vem com uma espécie de cheque onde você escreve o que quer alcançar, seja lá o que for, e acho que tem um lugar pra você escrever pra quando quer também... Você deve ter lido e deve saber. Só sei que ela escreveu R$200, e esse dinheiro apareceu de forma bizarra e improvável no prazo certinho! =P
Pasmei.

Mas o que eu vim te falar é uma coisa muito bacana que acho que você devia participar! Semana que vem vai rolar o FOCO (Fórum Regional de Comunicação) lá na ufes. As informações estão todas no site:

www.focoufes.com.br

E a inscrição você faz lá também, gratuito. Vai ter um monte de palestras interessantes para jornalistas (e aí eu incluo nós dois ^^). Dá uma olhada, e se inscreve, pleeease!

Abração, e boa prova! \o/
Você merece!

L.S. Reis disse...

Putz, pior que é, eu vivo indo e vindo, e isso é mó chato, me deixa com a consciência pesada, com a auto estima lá embaixo, rs... A verdade é que tenho que criar o costume de vir aqui escrever. A maioria das idéias estão passando sem serem registradas, e a proposta do meu blog é justamente ir contra isso!! =P

Mas fica tranquilo cara, eu conheço poucas pessoas que JÁ ESTÃO na comunicação que tem o dom pra coisa igual a você. Deus tem que ver isso! ^^
Vai dar tudo certo, calouro!

=*

Arne Balbinotti disse...

Eu assisti o filme, achei bem bacana.
Mas é algo que todo mundo sabe, de uma outra forma é claro.
Também publiquei um texto sobre o mesmo assunto a um tempo atrás. Ficou bem legal.
Abraços e apareça.

Andrey Lehnemann disse...

esse filme é um dos poucos filmes que lançaram e eu nao assisti neste ano... Vou dar uma conferida alguma hora , mas estou sem tempo para nada... Basta ver que só agora estou voltando a atualizar o meu blog e vir comentar no teu... Só estudando para passar na Federal. Mas é verdade isso , nós temos que ter uma certa esperança diária , temos que acreditar em alguma coisa , pois a nossa situação de hoje tá dificil.
Escrevi algo a respeito de tristeza relacionada com o cinema... Ve se dá uma conferida lá...

Abração Diego..

http://clickfilmes.blogspot.com/

Fernando Teixeira disse...

Estava dando uma olhada e percebi que não havia comentado...pois então vamos lá!

Realmente, a forma de se pensar pode influenciar as atividades diárias, mas não há nenhuma mágica nisto. O que realmente interfere é a capacidade de atenção do indivíduo. O que pensa positivo está sempre atento as oportunidades, e por isso, consegue perceber antes dos demais. Por outro lado, o que só pensa nos erros, antecipa a falha para se justificar moralmente que havia previsto, e portanto ignora a possibilidade de exito. É simples.


No caso específico do Segredo, gostaria de tratar em duas frentes.

A primeira, classificarei como positiva, trata de incentivar as pessoas a deixarem as lamentações de lado e irem em busca de exito, partindo da inércia para a movimentação produtiva.


A segunda, e chamarei de negativa, é que muitas pessoas, sem instrução adequada, acreditam em tal nível que tornam uma questão simplista em algo religioso, capaz de mover massas. É aí onde os "reveladores" do segredo lucram.

É importante se motivar, mas deve-se lembrar que o que realmente importa é o estímulo interno, a fé que se tem em si próprio. Nada de creditar os resultados obtidos em entidades ou pessoas que estariam acima de suspeitas, como um divindade.

Diego Moretto disse...

Visto os comentários, acho q consegui passar o q desejo. Odeio tbm livros de alto-ajuda, e esse não foi diferente. Mas esse "ensinamento", ja esta em cada um de nós, é bem importante salientar. Só sei que o objetivo que eu vinha cultivando, eu consegui, hehehehehhe.

Bom, muito obrigado a todos pelos comentários. perdoem a demora para publicar outro texto, mas semana de vest é fogo, não tive tempo. Grande abraço amigos e voltem sempre!

Caio Rudá disse...

"O Segredo" e eu já fomos apresentados, mas não tinha despertado um interesse em lê-lo até que meu amigo me contou a história de um cara que queria ficar rico e conseguiu através de pensar nisso todo dia ao olhar para uma cédula...

Brincadeiras à parte, eu nunca fui muito adepto dessas teorias que envolvem poderes místicos ou sobrenaturais. Mas justamente por isso que pretendo ler o livro, para poder tirar minhas conclusões sobre o assunto.

Valeu.