quarta-feira, 12 de março de 2008

A perda total dos valores paternos

Já a algum tempo, venho reparando que o divino senso de proteção de pai/mãe ao filho começou a se desgastar, sendo essa mais uma conseqüência da atribulada vida moderna que nos cerca. Uma das notícias mais polêmicas que circulam atualmente é a do estudante João Victor Portellinha de Oliveira, de 8 anos, que foi classificado no vestibular de Direito na Universidade Paulista (Unip). Lógico que é notável a inteligência do garoto, mas o menino deseja estudar no curso o mais rápido o possível, mesmo estando na 5º série do ensino fundamental. A Unip já se manifestou dizendo que é complicado e que não permitirá, já que – segundo a universidade- o garoto prestou o vestibular na condição de treineiro (em que apenas alunos que não terminaram o ensino médio podem fazer, sem poder estudar na universidade, caso passem) e que por isso ele não poderá cursar o almejado curso. A ironia, é que a universidade (que esta sendo investigada pelo MEC por isso) cobrou a taxa de matrícula do garoto e barrou o menino e o pai no 1º “dia de aula” de João Victor.

Enfim, o que resta discutir é a insistência dos pais em matricular a criança, de 8 anos, em uma universidade. Tudo bem, o garoto tem potencial para passar na prova, é esforçado e alimenta um sonho louvável (ser juiz), mas calma lá, é uma criança. Coloca o garoto na rua para estourar a lapa do dedo jogando bola, ou ralar o joelho brincando de algum pique. Se não gosta do filho na rua, faça isso com ele em casa: jogue videogame, convide amigos, o garoto tem 8 anos! Acho cabalmente ridícula a atitude destes pais. Reconheço que os tempos não são como antes (ao qual tive sorte de crescer nele), mas para tudo se dá um jeito. A infância é a melhor época de nossas vidas, isso é relevantemente indiscutível, e acho de pura canalhice tirarem isto de um moleque. E olha que nem estamos falando das milhares de crianças pedintes que nos cortam o coração todo santo dia nas ruas deste Brasil; estamos falando de uma criança que tem o mundo em suas mãos – e por culpa dos pais – pode perder o supra-sumo da vida. É eloqüentemente gritante minha revolta ao ver uma situação dessas. E o pior que todos estão achando lindo... ê Brasil....

Dica do Post:
Os novos álbuns do Portishead e do CSS já estão na net. O Portishead nos presenteia com “Third”, um segmento fabuloso que traz uma pegava sinistramente eletrônica e suave, fugindo, assim, dos parâmetros que levaram a banda ao reconhecimento mundial, e nem por isso pecaram no disco. Fabuloso!
PORTISHEAD - THIRD *4estrelasde5*
Para quem achou que 2007 foi o ano dos brazucas do Cansei de Ser Sexy, 2008 promete muito mais. O novo disco, “Donkey”, segundo do CSS, vem com uma produção mais redonda e mais bem trabalhada. O humor demente e as batidas chocantes ainda continuam lá, com certa intensidade LSD. Além de estarem com um cd não-descartável chegando no mercado, o CSS cada vez mais se torna popular. O video "Music is My Hot Hot Sex" ("Ele é fodão, mas eu sei que também sou"), é o mais visto do site YouTube. O inacreditável número (até a publicação deste post) de 104.955.922 rendeu ao grupo matérias em todo o mundo.
Então é isso. Enjoy!!!

8 comentários:

Freddy Simões disse...

Essa criança necessita levar uma vida normal e concluir primeiro o ensino fundamental e o médio. Os trâmites legais devem ser seguidos. Uma criança de 08 anos irá ficar completamente deslocada num ambiente composto basicamente de adultos, dos mais variados gostos, credos e sexos, e muitos deles já com família formada. O garoto entende de estudos, mas o que ele sabe da vida prática?

Seria interessante que se fizesse um teste de QI para saber se essa criança é superdotada. E só será considerada como tal se o seu QI for 126 ou superior.

-------- xxxxxxx -----------

Adorei a notícia da volta do Portishead! Como faço para baixar o CD antes do lançamento. Preciso ouvir o disco para antecipar uma crítica no meu blog.

-------- xxxxxxxx ----------

Saiba mais sobre a reforma ortográfica da língua portuguesa no meu blog. Você é a favor das mudanças? Comente:

http://www.cafe-cultural.blogspot.com

Danilo Moreira disse...

Já vi os tres em dois programas. Os pais se achando pq estavam na TV e o garoto com aquele ar debochado de: "eu sou superdotado, e daí?" E os apresentadores o tratando quase como um milagre divino.

Não sei o que me revolta mais, o fato de quererem transformar o garoto num novo Einstein ou as pessoas o tratando como se fosse o primeiro superdotado na história da humanidade.

E isso não é a primeira vez, é uma história que há anos se repete, seja aqui, seja em outras partes do mundo. O problema é que não as tratam como crianças inteligentes, e sim como crianças DIFERENTES, e isso mais cedo ou mais tarde deixa marcas profundas nelas.

Abçs!!!

----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Política: O Melhor Partido
----------------------------------

Danilo Moreira disse...

Já ouvi cansei de ser sexy. Tem uma música deles chamada "Madonna dos Infernos" q uma amiga minha q a odeia vive me pirraçando com ela, pq sabe q eu gosto.

Conheço pouco sobre eles, achava até q era uma banda antiga q nem existisse mais...rs

éden-san disse...

concordo contigo, diego. e pelo o q o danilo disse aí em cima, esse garoto já está perdendo a infância dele... pena!

qto ao css, vou correndo procurar pelo álbum novo! iu-ru =)

O ANTAGONISTA disse...

Também concordo com você. A infância de hoje é cada vez mais curta e sem graça... o resultado é que não se aprende nessa época tudo que se deveria aprender. Aí surgem os adolescentes que dão tapa nos professores, esfaqueiam ou atiram nos colegas dentro dos colégios, tocam fogo em índios e etc.
Os pais sufocam os filhos com aulas de idioma, aulas de esporte, aulas de música... justificam isso dizendo que estão garantindo um futuro feliz para seus filhos. Bobagem! Criança tem que ser feliz agora, no presente! Se não, vai ter muita dificuldade de ser feliz depois, por mais que seja estudioso e passe no vestibular aos oito anos de idade!

leh~* disse...

concordo plenamente com vcs, estão tirando a "infância" desse garoto, ñ eh porque ele tem esse enorme potêncial, que ele ñ vai ter a fase de criança. Mta pressão em uma garoto só, ele tem mais que curtir a melhor fase da vida INFÂNCIA,qdo ficar maior ele ñ vai ter histórias de molecagem pra contar!!

Diego Moretto disse...

Eu achei um absurdo essa palhaçada deste o instante em que a li pela primeira vez. A história pelo visto teve um segmento aí....triste.
Bom, torço para q este garoto seja feliz, pq se depender dos pais dele... só lamento.
E espero q tenham gostado do novo álbum do Portishead....pois é mais do que fabuloso - na minha opinião.
Abraços e voltem sempre :)
Obrigadoo!

Flavia Melissa disse...

Hein?!
Isso é serio, mesmo?!

A primeira coisa que me chamou a atenção nesse post foi a foto, que eu tbm tenho salva no meu pc. Mas o post foi de matar!

Agora... Vá lá que a criança seja um crânio... Agora, cá entre nós, o vestiba da UNIP é meio assim mesmo... Perdeu RG na porta aparece na lista dos aprovados!

Gente!
Que mundo é esse?!