quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Justiça bloqueada pela morosidade.


10 anos, 8 meses e 11dias. E ainda nada de concreto para o sucesso de uma história triste e que acontece nos meandros de nosso país. Uma história frágil e que de tão mal cuidada por nossa justiça, torna-se cansativa para todos nós. Cansativa pelo ver acontecer, porque fome de justiça todos nós temos, e exigimos, afinal somos cidadãos. Por incrível que pareça, falo de um caso, mas que poderia acontecer com qualquer um de nós.

No dia 06 de janeiro de 1998, o que seria um dia de diversão acabou por se transformar em uma quase tragédia, devido à incompetência de terceiros. Nesse dia, a menina Flávia, até então com 10 anos, brincava na piscina de seu prédio quando o ralo da piscina sugou seus cabelos e a deixou em coma vigil até o presente momento. Assim, corre ainda em trâmite o processo contra o condomínio do prédio onde moravam, - Condomínio Edifício Jardim da Juriti -, contra a empresa fabricante do ralo - Jacuzzi do Brasil Indústria e Comércio Ltda - e contra a seguradora do condomínio - AGF Brasil Seguros S/A.

No último dia 15 de setembro houve um avanço no lerdo processo: finalmente chegou até o STJ e terá seu veredicto dado pelo Meritíssimo Ministro Carlos Fernando Mathias. A vitória, por si só, é certa, caso seja feito tudo na ordem natural e correta, pois já se passaram dez anos. Dez míseros anos para uma família inconformada com tamanha insensibilidade por parte dessas empresas e envergonhadas por presenciarem uma tão demorada justiça.

Possivelmente este ímpeto no andamento se deu pelo fato do caso voltar a tona na mídia, o que foi ótimo, pois colocar em cheque a justiça diante os olhos brasileiros ajuda muito neste caso.
No mais, espero que deste ano não passe a resolução deste caso. Como brasileiro envergonhado pela situação da justiça de meu país, espero que esta família seja beneficiada por todos este anos de perda, além de poderem buscar tratamento especial para a menina Flávia, sem preocupação financeira alguma. Eles merecem isso.

Um dedicado especial à mãe de Flávia, alguém que não apenas se tornou uma heroína pela sua filha, mas para todos nós, devido sua preocupação em nos alertar sobre o perigo dos ralos das piscinas, que custaram a continuidade lúcida de sua filha. Conheçam mais o andamento do caso pelo BLOG criado pela mãe de Flávia!

Dica do Post:

O caso apresentado, ou para ser mais exato, a luta por justiça pela mãe de Flávia me lembrou um ótimo filme antigo e que mostra que com coragem e força na luta, tudo de bom pode acontecer. Indico a quem não assistiu o ótimo Erin Brochovich - Uma Mulher de Talento, pelo diretor Steven Soderbergh, que vá na próxima locadora e alugue o filme que é sensacional.

Sinopse: A história de Erin Brockovich (Julia Roberts), uma mulher solteira, mãe de três filhos, que perde uma ação judicial e exige que o seu advogado a empregue em seu escritório. Organizando arquivos de um caso judicial, ela decide investigar o problema e acaba descobrindo que uma empresa vem contaminando as águas de uma pequena cidade, onde os moradores contraíram câncer. Erin, que antes estava sem perspectivas, vê sua vida mudar enquanto ajuda aos outros. Baseado em uma história verídica.

A luta de Erin emociona e faz valer cada minuto do longa. A atuação de Julia Roberts também faz jus ao Oscar de melhor atriz, ao qual ganhou pelo filme. Não percam!

Nota: 10,0

14 comentários:

Odele Souza disse...

Olá Diego,
Fiquei encantada com sua sensibilidade, Conheceu o caso de minha filha e já, de imediato, publicou este EXCELENTE post.

Felizmente Diego, o caso de Flavia já ultrapassou as fronteiras do Brasil, mas isto graças à força de comunicação dos blogs, pois a mídia convencional pouca atenção tem dado a esta história de NEGLIGÊNCIA e IMPUNIDADE que sabemos, Flavia é apenas um exemplo.

A mídia convencional que mais atenção tem dado ao caso de Flavia, é a TV Record, a quem sou agradecida.O vídeo de minha participação no programa O Melhor do Brasil do dia 02 de Agosto passado, está no blog de Flavia. Se puder, veja.

Já vou linkar seu blog entre os mais de 200 que participaram da Blogagem Coletiva JUSTIÇA PARA FLAVIA, dia 15 e Setembro. Os blogs participantes são de vários países.

Um abraco Diego e MUITO OBRIGADA por este post.

BRUNO LEONARDO disse...

Olá,Diego

Sensibilizado com seu texto da Blogagem Coletiva!
Tenho acompanhado o caso da Flavia e o sofrimento de sua mãe.
Também espero que deste ano não passe a resolução deste caso.
Li o comentário da senhora Odele e percebo o quanto ela é grata aos blogs que participaram dessa Blogagem...
A ela meus votos de muita Força e Saúde para continuar esta luta que espero estar perto do fim.

A Dica é ótima!Não perderei!
Abraço e obrigado por retribuir minhas visitas!!
Abraço

BRUNO LEONARDO disse...

Ah,linkei seu Blog lá no Exagerado,ok?

Flavia Melissa disse...

muito legal a sua iniciativa, beibe.

vi um filme esses dias e lembrei das suas dicas.

"na natureza selvagem", já assistiu?
rende um belo post :)

Arthurius Maximus disse...

Um dos maiores absurdos que já se viu nesse país. Um processo assim durar dez anos sem ser concluído é uma afronta. Ifelizmente, sabemos que se a mãe de Flávia fosse milionária, certamente esse processo seria julgado "com outros olhos" por nossa justiça.

leioomundoassim disse...

Cheguei ao seu blog devido à coletiva pela Flávia e li não apenas o texto relativo a ela, mas alguns anteriores. Gostei do que vi: textos bem escritos, idéias consistentes. Parabéns!

Danilo Moreira disse...

Olá Diegão, como prometi, estou de volta para prestigiar o seu blog.

Me recordo desse caso, e continuo pasmo pq nao imaginava que esse processo ainda estivesse correndo depois de 10 anos sem nenhuma resolução.

É triste um caso precisar voltar a mídia para que ele possa ser solucionado.

Parabéns pela critica e pela sensibilidade.

Abçs!!!!!

Danilo Moreira disse...

Ah, comentei tb no post anterior, fui atraido pela foto do Chaves, que eu sou viciaaado!!!!rsrs

O ANTAGONISTA disse...

Enquanto continuarmos votando nesse bando de filhos das colegas da Bruna Surfistinha para o congresso nacional, nossa Justiça vai continuar lenta. A própria Justiça também tem culpa nessa lerdeza, mas uma solução verdadeira só viria com a mudança das leis... o que não agrada aos bandidos do congresso, que se valem justamente dessa morosidade para escapar impunes de seus crimes e desmandos.

Valeu.

Isa disse...

Caraca Diego sua iniciativa foi MARAVILHOSA!
Parabéns guri, mesmo não convivendo mais, continuo adorando vc.

Larissa Bohnenberger disse...

É realmente um absurdo! Não estava por dentro do andamento desse caso, mas já entrei no blog da mãe de Flávia, e me inteirei de tudo! O que ainda me dá um pouco de esperança, não no Brasil, mas na humanidade, é a quantidade de pessoas que se mobilizam e gritam pra tentar fazer alguma diferença!
Triste, muito triste! E dona Odete é realmente uma guerreira!

A indicação do filme Erin Brockovich foi mais do que acertada! Além de ter tudo a ver com o tema, é excelente! Nota 10 mesmo!

Bjs!

Flavia Melissa disse...

continuo achando que vc adoraria "na natureza selvagem".

juro.

Viviane Righi disse...

É muito triste confirmarmos a lentidão da justiça brasileira não somente neste caso, como em muitos outros também. Tenho exemplos disso com pessoas próximas e o sentimento de "solidão" das pessoas envolvidas em uma determinada causa machuca muito. Infelizmente, não creio que a justiça brasileira passará por grandes inovações tão cedo... vamos torcer para não precisarmos dela pelo menos nos próximos 10 anos (ou mais!).

Abraços!

Diego Moretto disse...

Pois, isso é de revoltar qualquer cidadão que paga corretamente seus impostos. Esperamos e rezamos para que tudo de certo dessa vez para a menina Flávia e sua familia.
À sua mãe, força Dona Odele, tudo ficará bem, acredite.

Vlw mesmo galera pelos comentários, adorei as novas visitas, espero que voltem sempre.
Abraço grande e ate mais!