sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

O Selo da ignorância e da incapacidade proposto ao estudante brasileiro pelo Governo

A má educação brasileira, junto à saúde, foram e ainda são os principais argumentos que explicam o porque deste país não ir para frente. Lógico, estes dois são a base dos problemas, que são cada vez mais supridos pela violência e pela corrupção. Depois de um defasado governo vindo de Fernando Henrique Cardoso, as propostas de Lula vieram como uma luva para o povo mais humilde, logo que promessas de uma vida melhor vindas de uma pessoa que passou por maus bocados em sua trajetória eram algo no mínimo animador. E é aí que veio o perigo. Lógico que Lula não cumpriu a maioria de suas promessas, mas soluções para se diminuir a fome, o analfabetismo e a exclusão social vieram de tal forma como antes nunca vista. Louvável atitude? Nem tanto.

O presidente se próprio contradisse com a aplicação de seus projetos, já que um dos seus principais jargões eleitorais era “eu não apenas darei o peixe, como também ensinarei a pescar”, e infelizmente não foi isso o que aconteceu. Projetos como o Bolsa Família apenas dão o “peixe” aos brasileiros sem fazer com que possam prosperar de alguma forma. O projeto não dá oportunidades de crescimento ao beneficiado e acarreta o acomodamento, conseqüência lamentável em um país como este. Foi de grande ajuda? Lógico, diminuiu as taxas de miséria e de evasão escolar, mas poderia ser bem diferente e bem mais vantajoso futuramente se não fosse tão mal feito. Assim como é com o Sistema de Cotas imposto em algumas faculdades publicas. Aliás, é pior.

O sistema criado é um atestado da incapacidade do governo federal em criar soluções que realmente funcionem neste país. Baseado no sistema de cotas raciais norte-americano, o brasileiro expandiu ainda para os estudantes de escolas públicas. É totalmente descabível que este sistema funcione. Combater o preconceito?? Aumentar chances para negros e pobres?? De onde tiraram isso? As conseqüências que este projeto gerará são calamitosas: os negros sofrerão maiores discriminações (o sistema coloca “brancos” como mais capacitados); os alunos que realmente se dedicam aos estudos serão prejudicados tendo suas vagas roubadas; famílias que passam a economizar uma vida inteira para bancar filhos em boas escolas serão injustiçadas, além de no futuro temos profissionais desprezíveis e mal-formados que farão deste país uma prova concreta de conseqüências de um governo ignorante.

Concordo que para um marketing de governo esse projeto é perfeito. Deixa Lula com o título de “pai dos pobres”, mas eles poderiam dar uma melhorada no sistema. Ao invés de colocar uma porcentagem nas vagas já tidas, porque não aumentar o número de vagas? É uma alternativa que dava para ser feita em curto prazo. E se Lula quer mesmo seguir seu amigo Hugo Chávez e deseja entrar para a história (mas de forma benéfica) deveria seguir o exemplo da Coréia do Sul e da Índia, com altíssimos investimentos na educação básica e fundamental e não no ensino médio. 5.6% do PIB brasileiro vai para a educação, é um número bem relevante, comparado a de países de primeiro mundo, o problema é o destino desse dinheiro. Parece que o governo esqueceu que escolas precisam ser reformadas, que livros novos devem ser comprados, professores devem ser valorizados e por aí vai. A educação não é nada levada a sério neste país, pelo menos não da forma como deveria. Se eles quiseram realmente ensinar o brasileiro a pescar, acabaram por matar todos afogados.

DICA DO POST: Leiam os dois ótimos livros do badalado escritor Khaled Hosseini. O Best-Seller O Caçador de Pipas e o novíssimo Cidade do Sol. Ambos com características dramáticas e envolvendo curiosidades históricas e culturais do mundo árabe. Contadas de maneira fascinante, os livros são de leitura rápida e envolvente. Super Recomendado.

14 comentários:

Marcus Vinicius disse...

poxa cara vc escreve coisas legais
gostei de verdade do teu blog!
caramba vc sab mesmo lidar com as palavras!
boa sort no teu blog
um abraço

Diom disse...

Compartilho de sua opinião a respeito das cotas raciais em universidades. Além de tudo que você já falou, é uma injustiça, pois há muitos brancos pobres que terão sua entrada dificultada.

Ronaldinho disse...

concordo contigo

dou aula d einformatica para crianças de uma favela, eles estão no colegial e nem sabem escrever direito...

Rafael Portillo disse...

Ouço e ouço reclamações a presidentes atraves dos anos.
O que me irrita é que só sabem reclamar do presidente, que não passa de um enfeite politico o qual botamos a culpa dos problemas.
As pessoas se esquecem que sem a camara dos deputados e o senado, um presidente nada pode fazer sem ser chamado de ditador.

http://rafaelportillo.blogspot.com
http://teiadepodcasts.blogspot.com

Iaiá disse...

Ameeeeeeeeeei o template, a foto do elefantinho é linda. :)

Eu vi o filme - O Caçador de Pipas e achei lindo. Me disseram que o livro é mais fantástico ainda!

bjao

Danilo Moreira disse...

Já pensei assim como vc cara, mas hj vejo q o buraco é mais embaixo: o problema nao está só no presidente, mas em toda a corja politica em volta dele que só pensa em ego e nos seus partidos, tabalhando poucos dias da semana e tirando longuissimas férias, fora os feriados prolongados, deixando projetos importantes na gaveta.

Tb sou contra a cota para negros e índios, quando alguém quer subir na vida consegue mesmo não tendo onde cair morto, independente da etnia. Mais útil é aumentar as escolas e aprimorar as que já existem.

Aqui em SP, nao sei se vc já ouviu falar, mas tem o esquema da aprovação automática, tipo, até a 7ª série, simplesmente nao faltando, vc passa de ano, independente da nota. É mole?

O Bolsa familia é tb ridiculo. Conheço gente que não precisa, faz uma malandragem pra ganhar e usa mais o dinheiro pra comprar cigarro ou gastar com bebida. Se pelo menos fosse algo tipo vc trabalha em tal coisa e o governo paga, aí sim seria algo decente pq a pessoa aprenderia uma profissao, mas desse jeito, a pessoa fica acomodada, e um dia, vai q dá a louca no proximo governo e corta, e aí, como a pessoa vai se virar?

Bem, chega, senao isso vai virar uma postagem...rs

Tem novidade no Em Linhas, confira!!!!
----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Adolescência
----------------------------------

Arne Balbinotti disse...

Concordo com o Danilo, acho cotas uma palhaçada, por que se for assim também terá que existir cotas para gays, e os bolsas da vida que o governo amorosamente entrega aos "necessitados" é uma vergonha nacional isso sim.
Por que nao da emprego para esse povo?!?
Bom, como eu sempre digo e repito e pelo visto vou repetir ate morrer:
"O povo tem o governo que merece."
Abraços.

Dragus disse...

Até entendo a revolta, mas não dá pra mexer, é uma lei inconstitucional, pois segrega pessoas quando na constituição está escrito que "todos são iguais perante a lei."

Mas assim é a república das bananas, ou melhor dizer, dos bananas.

E outra, presidente no Brasil não manda e quando o congresso votar a lei limitando as MPs, vai mandar menos ainda.

Serjones disse...

esse caçador de pipas é o do filme tb? é massa?
poxa, na minha ignorância, conhecia só aquele khaled das músicas árabes, lembra? hahaha

O ANTAGONISTA disse...

Pois é... da nada adianta colocar todas as crianças na escola se nelas não se aprende nada! O nível da educação no nosso país piora a cada ano e ninguém faz nada para melhorar isso!

Quanto às cotas, concordo plenamente com você... é tão somente um jogo de marketing que não adiantar nada, pior, vai criar mais discriminação racial.

Valeu.

Fernando Teixeira disse...

Ouvi uma frase muito curiosa: "as cotas só fazem os brancos se sentirem mais capazes". O que acontece é que o governo, como a propria esquerda, sempre defende as soluções mais "simples". Se está assim é so mudar que tudo fica perfeito.

Ora, o sistema de cotas só enfatiza então que temos uma divisão racial em nosso pais, e os defensores de uma unificação, tanto o governo e a esquerda brasileira concordam com isso. Logo, temos uma afirmação de racismo. Já é sabido que as diferenças biologicas não são fatores de condicionamento intelectual. Por isso as cotas para negros são injustificadas.

Por outro lado, concordo com cotas para pessoas de baixa renda, mesmo que não realizem uma pontuação tao grande quanto as da classe média, elas devem ingressar na universidade. Digo isso pois as pessoas de menos renda necessitam trabalhar mais e tem menos condições de alimentação que outra.

A maioria das universidades publicas tem em sua maioria jovens de classe média e alta. E isso não é problema, pois é justo, eles pagam tantos impostos quanto os pobres. Agora, o que acontece é que não foram criadas novas vagas para atender este contingente, o que ocorreu foi que pegaram as já disponiveis e destas retiraram uma parcela e destinaram as cotas.

Não podemos esquecer que muitos pais realizaramesforços incalculáveis para mater seus filhos nas escolas particulares para ter uma melhor educação e agora veem que aqueles anos de dificuldade os prejudicaram.

O Brasil, que prega a igualdade, deveria utilizar do meio universitario, onde está sendo formada as novas gerações, para ser o motivador de uma mentalidade convergente. Porém prefere-se a tecnica do dividir para eliminar. Reforçando ainda mais laços raciais que pareciam caminhar para um lado tenue.

Diego Moretto disse...

Bom, antes de tudo, não culpo apenas Lula. Se isso parecia evidente em meu blog, me perdoe. Mas coloco sempre nosso presidente em cheque, pq ele é o presidente. A câmara ta cheia de gente que não vale um centavo, sei disso e concordo, mas se nosso presidente quiser barrar alguma coisa, ele o faz sem pestanejar. É dificil sim, há muita coisa em jogo, mas se ele quiser ele o faz. estes programas são sim marketing de governo e trará consequencias ruins no futuro. Bom, no mais, tudo o que faltou foi completado nos comentários. muito obrigado e voltem sempre!!
ABRAÇÃO!

Dorian disse...

Esse é um dos grandes erros desse governo, querer fazer a divisão entre ricos e pobres, pretos e brancos, entre "eles" e "nós". É um cacoete de sistemas autoritários que infelizmente ainda influencia muita gente de dentro do governo.

karlah moretto disse...

oi, bem eu nao tenho nada á postar sobre o assunto do seu post, desculpa eu ser sincera... mais eu sou uma moretto e queria saber mais sobre a minha familia, se puder entrar em contato meu msn é kaar_emo_girl@hotmail.com, o outro é karlarosanemorettodeoliveira @hotmail.com.... por favor me dê uma luz, pois eu nao sei nada sobre a minha failia...
obrigadooo